Wimbledon: Bia Haddad, Rafael Matos e Bruno Soares avançam nas duplas

A sexta-feira (1º) foi de triunfos para duplas com brasileiros no tradicional Torneio de Wimbledon. A paulista Bia Haddad venceu de virada na estreia, jogando  ao lado da polonesa Magdalena Frech. A parceria levou a melhor por 2 sets a 1 (4/6 6/4 6/2) sobre a tcheca Lucie Hradecka e a indiana Sania Mirza, cabeças de chave 6. Bia e Bia e Frech voltam à quadra no domingo (3), pelas oitavas de final, contra a eslovaca Viktoria Kuzmova e a holandesa Arantxa Rus, em horário ainda a ser definido.

No início desta tarde, Bia voltou a ganhar, desta vez, na chave de duplas mistas, ao lado do mineiro Bruno Soares. Eles emplacaram por 2 sets a 0 (7/6 e 6/3) sobre a parceria de outro brasileiro: Rafael Matos, que atuou com a ucraniana Lyudmyla Kichenok. 

“Estou feliz. A Frech é uma jogadora muito bacana, nós conseguimos criar uma energia legal. Pegamos uma pedreira logo na primeira rodada e, particularmente, não fiz um jogo muito bom. Mas me propus a trabalhar melhor, focar no presente e buscar uma solução, diferente de como fiz na simples”, disse Bia logo após a partida,  recordando da derrota na estreia na chave de simples na última segunda (27). 

Apesar da derrota para Bia e Bruno, nas mistas, o gaúcho Rafael Matos começou o dia com pé direito, ao avançar à terceira rodada da chave de duplas masculinas, ao lado do espanhol David Vega Hernández. Eles venceram de virada, por 2 sets a 1 (6/3, 8/6 e 5/3) os parceiros Alekandr Nedovyesov (Ucrânia) e Aisan-ul-Haq Qureshi (Paquistão). A parceria Brasil-Espanha já soma dois títulos na temporada: conquistou o Torneio de Malloca no último dia 25, e o Torneio de Marrakech em abril, ambos ATP 250.  


Dupla de Rafael Matos com espanhol Hernández Vega já conquistou dois títulos na temporada: o Torneio de Mallorca (Espanha) no último fim de semana, e o Torneio de Marrakech, em abril, ambos ATP 250 – Remy Chautard/FFT/Direitos Reservados

Brasil neste fim de semana em Wimbledon

Sábado (2) – segunda rodada – duplas masculinas

Marcelo Melo e Raven Klaasen (sul-afriano) x Ken Skupski e Jonny O’Mara (ambos britânicos)

Bruno Soares e Jamie Murray (britânico) x Andrea Vavassori (italiano) e Nicola Cacic (sérvio)

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário