Por melhor Paulinho, Sylvinho descarta atleta como primeiro volante

Escalar o setor ofensivo do Corinthians para 2022 é um dos principais desafios de Sylvinho neste início de temporada. O técnico acredita ser possível ter em campo o quinteto formado pelos meias Giuliano e Renato Augusto e os atacantes Roger Guedes, Willian e Jô (que está junto desde o segundo semestre do ano passado) reforçado pelo volante Paulinho. Ele, porém, descarta utilizar o camisa 15, que teve o retorno ao Timão anunciado em dezembro, na cabeça de área.

“O Paulo é um atleta de 34 gols [pelo Corinthians]. Se não estiver equivocado, é o quinto maior artilheiro [do clube] na função de segundo volante, a sete gols do Elias. A trajetória dele continuará sendo de um jogador de consistência de meio-campo, grande força física, sustentação e gol. O Paulo dá um passo para frente. Cruzou, ele está na área. Se você o crava como primeiro [volante], que não vi assim na carreira, você tira uma característica importante”, analisou Sylvinho em entrevista coletiva nesta sexta-feira (21).

“O Giuliano é mais posicional, Renato [Augusto] fez [a função] contra o Red Bull [Bragantino], marcou gol inclusive. Nenhum é primeiro volante de ofício, porém um ou outro se adapta, de forma que nós, a princípio, não vemos o Paulo como esse primeiro homem”, completou o treinador.

O Corinthians segue em busca de reforços e o principal alvo do momento é Diego Costa, que rescindiu com o Atlético-MG. Sylvinho rasgou elogios ao atacante e admitiu que o Timão procura por outro camisa 9 para o elenco. Jô é o único centroavante de ofício no atual grupo.

“Para mim é muito difícil falar de um atleta que não está conosco. É um atleta vencedor, extraordinário, acostumado a jogar em altíssimo nível. A diretoria, com a presidência, está trabalhando em cima de um atacante. Aliás, não só nós. Os clubes brasileiros estão buscando atacantes. Mas prefiro sempre privilegiar o grupo e trabalhar com o que nós temos. Vamos ver o desfecho. Temos uma dificuldade de janela [de transferências]. Difícil cravar que o jogador está fechado. O elenco está sempre em movimentação. De forma geral, [o elenco] está 90% encaminhado. Depois, vai se pincelar com aqueles que chegarem”, avaliou o técnico.

Em 2022, o Corinthians estará envolvido com os Campeonatos Paulista e Brasileiro, Copa de Brasil e Libertadores. A estreia na temporada será na terça-feira (25), às 21h (horário de Brasília), na Neo Química Arena, em São Paulo, contra a Ferroviária, pela primeira rodada do Paulistão.

Ouça na Rádio Nacional

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário