Lázaro Ramos acumula convites para virar político e brinca: ‘Queria ser presidente’

O ator Lázaro Ramos disse, nesta segunda-feira, 4, que acumula convites para virar político e ainda brincou: “queria ser presidente”. A afirmação aconteceu durante conversa com visitantes da Bienal do Livro de São Paulo. Questionado por um participante do evento se poderia ser um candidato as eleições deste ano, Lázaro fez suspense e também colocou a esposa, a atriz Taís Araújo, em cena. “Será, gente? Convite tem muito, mas… Não sei! Eu queria ser presidente do Brasil. Eu queria”, comentou. “Já pensou Taís de primeira-dama? Pô, tô benzão”, completou.

Além de ator, apresentador, dublador e cineasta, Lázaro é escritor de literatura infantil. Inclusive, ele já escreveu “Edith e a Velha Sentada”, “O Pulo do Coelho” e “Caderno Sem Rimas da Maria”. De acordo com o artista, a literatura tem potencial para transformar o mundo.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário