Após deixar ‘A Fazenda 13’, Liziane explica por que vai processar Erasmo e Nego do Borel

Primeira participante eliminada pelo público em “A Fazenda 13”, Liziane Gutierrez divulgou nas redes sociais que vai processar Erasmo Viana pelas atitudes que o influenciador teve com ela dentro do reality. “Assistindo ao programa que eu estava participando, em uma conversa, Erasmo Viana fala para Valentina que nós, mulheres, às vezes banalizamos o movimento feminista. Estou aqui para dizer, não só para o Erasmo, mas para os ‘Erasmos’ da vida, que homens não têm direito de fala em um movimento nosso. Vocês não têm o direito de se manifestar, apenas respeitar o movimento feminista. Eu, por diversas vezes no programa, sofri desrespeito com as grosserias vindo do Erasmo”, declarou a modelo em um vídeo publicado no Instagram.

Liziane disse que sofreu pressão psicológica e exclusão no tempo em que esteve no confinamento. “Ouvi palavras duras, fui tratada com grosseria e frieza diversas vezes. Queriam me fazer sentir culpada por erros que não eram meus e mais uma vez inferiorizando a voz da mulher ou diminuindo nossa força. Não vou me calar, já estou cansada! Vamos enfrentar essa misoginia e machismo estrutural”, escreveu na legenda da publicação. “Como já sabem estou entrando com uma ação judicial contra o funkeiro Nego do Borel, por ter feito bullying e ferido minha integridade moral no reality. Já me reuni com os advogados e também estamos com todos os vídeos e provas do que o Erasmo Viana cometeu comigo, todo o abuso psicológico que eu passei no programa. Caso exista a vitória, vou doar o valor para instituições e ONGs que apoiam mulheres vítimas da violência psicológica, material, sexual ou física”, concluiu.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário